Showing 1-20 of 54 items.

Louvado seja Deus, a Quem pertence tudo quanto existe nos céus e na terra; Seus serão os louvores, (também) no outromundo, porque é o Onisciente, o Prudentíssimo.

Ele conhece tanto o que penetra na terra, como o que dela sai, o que desce do céu e o que a ele ascende, porque é oMisericordioso, o Indulgentíssimo.

Os incrédulos dizem: Nunca nos chegará a Hora! Dize-lhes: Sim, por meu Senhor! Chegar-vos-á, procedente deconhecedor do incognoscível, de Quem nada escapa, nem mesmo algo do peso de um átomo, quer seja nos céus ou na terra, e(nada há) menor ou maior do que isso, que não esteja registrado no Livro lúcido.

Isso para certificar os fiéis, que praticam o bem, de que obterão indulgência e um magnífico sustento.

Mas, aqueles que lutam contra os nossos versículos sofrerão um castigo e uma dolorosa punição.

E os que foram agraciados com a sabedoria sabem que o que te foi revelado, por teu Senhor, é a verdade, e que issoconduz à senda do Poderoso, Laudabilíssimo.

E os incrédulos dizem (uns aos outros): Quereis que vos indiquemos um homem que vos inteire de que quando fordesdesintegrados sereis reanimados novamente?

Forjou mentiras a respeito de Deus, está louco! Qual! Aquelas que negarem a outra vida serão atormentados por teremestado num profundo erro.

Não reparam, acaso, no que está antes deles e atrás deles, de céu e terra? Se quiséssemos, poderíamos fazê-los serengolidos pela terra ou fazer cair sobre eles uma obliteração do céu. Nisto há um sinal para todo o servo contrito.

Agraciamos Davi com a Nossa mercê (e dissemos): Ó montanhas, ó pássaros, repeti com ele os louvores de Deus. E lhefizemos maleável o ferro.

(E lhe dissemos): Faze com ele cotas de malha e ajusta-as! Praticai o bem, porque bem vemos tudo quanto fazeis.

E fizemos o vento (obediente) a Salomão, cujo trajeto matinal equivale a um mês (de viagem) e o vespertino a um mês(de viagem). E fizemos brotar, para ele, uma fonte do cobre, e proporcionamos gênios, para trabalharem sob as suas ordens,com a anuência do seu Senhor; e a quem, dentre eles, desacatar as Nossas ordens, infligiremos o castigo do tártaro.

Executaram, para ele, tudo quanto desejava: arcos, estátuas, grandes vasilhas como reservatórios, e resistentes caldeirasde cobre. (E dissemos): Trabalhai, ó familiares de Davi, com agradecimento! Quão pouco são os agradecidos, entre osMeus servos!

E quando dispusemos sobre sua morte (de Salomão), só se aperceberam dela em virtude dos cupins que lhe roíam ocajado; e quando tombou, os gênios souberam que, se estivessem de posse do incognoscível, não permaneceriam noafrontoso castigo.

Os habitantes de Sabá tinham, em sua cidade, um sinal: duas espécies de jardins, à direita e à esquerda. (Foi-lhes dito):Desfrutai de graça de vosso Senhor e agradecei-Lhe. Tendes terra fértil e um Senhor Indulgentíssimo.

Porém, desencaminharam-se. Então, desencadeamos sobre eles a inundação provinda dos diques, e substituímos seusjardins por outro cujos frutos eram amargos, e tamargueiras, e possuíam alguns lotos.

Assim os castigamos, por sua ingratidão. Temos castigado, acaso, alguém, além do ingrato?

E estabelecemos, entre eles, e as cidades que havíamos bendito, cidades proeminentes, e lhes apontamos estágios deviagem, (dizendo-lhes):Viajai por aí em segurança, durante o dia e à noite!

Porém, disseram: Ó Senhor nosso, prolonga a distância entre os nossos estágios de viagem! E se condenaram. Então osconvertemos em lenta (a ser marrada) para os povos e os dispersamos por todas as partes. Nisto há sinais para todo operseverante, agradecido.

O próprio Lúcifer confirmou que havia pensado certo a respeito deles - eles o seguiram, exceto uma parte dos fiéis;