Showing 1-19 of 19 items.

Quando o céu se fender,

Quando os planetas se dispersarem,

Quando os oceanos forem despejados,

E quando os sepulcros forem revirados,

Saberá cada alma o que fez e o que deixou de fazer.

Ó humano, o que te fez negligente em relação ao teu Senhor, o Munificentíssimo,

Que te criou, te formou, te aperfeiçoou,

E te modelou, na forma que Lhe aprouve?

Qual! Apesar disso, desmentis o (Dia do) Juízo!

Porém, certamente, sobre vós há anjos da guarda,

Generosos e anotadores,

Que sabem (tudo) o que fazeis.

Sabei que os piedosos estarão em deleite;

Por outra, os ignóbeis, irão para a fogueira,

Em que entrarão, no Dia do Juízo,

Da qual jamais poderão esquivar-se.

E, o que te fará entender o que é o Dia do Juízo?

Novamente: o que te fará entender o que é o Dia do Juízo?

É o dia em que nenhuma alma poderá advogar por outra, porque o mando, nesse dia, só será de Deus.