Showing 1-20 of 286 items.

Alef, Lam, Mim.

Eis o livro que é indubitavelmente a orientação dos tementes a Deus;

Que crêem no incognoscível, observam a oração e gastam daquilo com que os agraciamos;

Que crêem no que te foi revelado (ó Mohammad), no que foi revelado antes de ti e estão persuadidos da outra vida.

Estes possuem a orientação do seu Senhor e estes serão os bem-aventurados.

Quanto aos incrédulos, tento se lhes dá que os admoestes ou não os admoestes; não crerão.

Deus selou os seus corações e os seus ouvidos; seus olhos estão velados e sofrerão um severo castigo.

Entre os humanos há os que dizem: Cremos em Deus e no Dia do Juízo Final. Contudo, não são fiéis.

Pretendem enganar Deus e os fiéis, quando só enganam a si mesmos, sem se aperceberem disso.

Em seus corações há morbidez, e Deus os aumentou em morbidez, e sofrerão um castigo doloroso por suas mentiras.

Se lhes é dito: Não causeis corrupção na terra, afirmaram: Ao contrário, somos conciliadores.

Acaso, não são eles os corruptores? Mas não o sentem.

Se lhes é dito: Crede, como crêem os demais humanos, dizem: Temos de crer como crêem os néscios? Em verdade, eles sãos os néscios, porém não o sabem.

Em quando se deparam com os fiéis, asseveram: Cremos. Porém, quando a sós com os seus sedutores, dizem: Nós estamos convosco; apenas zombamos deles.

Mas Deus escarnecerá deles e os abandonará, vacilantes, em suas transgressões.

São os que trocaram a orientação pelo extravio; mas tal troca não lhes trouxe proveito, nem foram iluminados.

Parecem-se com aqueles que fez arder um fogo; mas, quando este iluminou tudo que o rodeava, Deus extinguiu-lhes a luz,deixando-os sem ver, nas trevas.

São surdos, mudos, cegos e não se retraem (do erro).

Ou como (aquele que, surpreendidos por) nuvens do céu, carregadas de chuva, causando trevas, trovões e relâmpagos,tapam os seus ouvidos com os dedos, devido aos estrondos, por temor à morte; mas Deus está inteirado dos incrédulos.

Pouco falta para que o relâmpago lhes ofusque a vista. Todas as vezes que brilha, andam à mercê do seu fulgor e, quandosome, nas trevas se detêm e, se Deus quisesse, privá-los-ia da audição e da visão, porque é Onipotente.